ESCOLHA SEU PAÍS / REGIÃO

  • Africa en fr
  • South Africa en
  • Middle East en
  • Saudi Arabia en

Proteção na indústria de ciências da vida

COMO PODEMOS AJUDAR?

Produção e fabrico

As nossas soluções de proteção eliminam a contaminação cruzada durante o fabrico de produtos críticos, incluindo vacinas, comprimidos e medicamentos contra o cancro num ambiente de sala limpa.
Saiba mais

Nas notícias

Perguntas frequentes

Quais são as certificações das vossas luvas para salas limpas?

Todas as nossas luvas para salas limpas com marca CE estão certificadas como suprindo os requisitos do Regulamento (UE) 2016/425 relativo aos equipamentos de proteção individual (EPI). Nos termos do Regulamento, as nossas luvas são classificadas como EPI de categoria III. Através da aposição da marca CE, alegamos que suprem os requisitos essenciais de segurança do Regulamento (UE) 2016/425 através da aplicação das seguintes normas: EN 420:2003 +A1: 2009: Luvas de proteção – requisitos gerais; EN 374-1: 2016: Luvas de proteção contra químicos perigosos e microrganismos – Parte 1: Terminologia e requisitos de desempenho para riscos químicos; EN 374-2: 2015: Luvas de proteção contra químicos perigosos e microrganismos – Parte 2: Determinação da resistência à penetração; EN 374-4: 2013: Luvas de proteção contra produtos químicos e microrganismos – Parte 4: Determinação da resistência à degradação por químicos; EN 374-5: 2016: Luvas de proteção contra químicos perigosos e microrganismos – Parte 5: Terminologia e requisitos de desempenho para riscos de microrganismos.

Os sistemas de barreira de acesso restrito (RABS) e as luvas BioClean são 100% inspecionados – como?

O nosso processo de fabrico inclui cinco inspeções autónomas de produtos no total. Cada sistema de barreira de acesso restrito/luva/luva de polegar para câmara de isolamento é visualmente inspecionado a 100% relativamente a furos e submetido a ensaios de pressão de água e de ar. Isto é feito ao encher o punho largo com ar até obter uma pressão especificada antes de ser submersa em água durante três minutos. A água é examinada em busca de bolhas, que identificam que o produto apresenta uma fuga originada por um furo. Esta inspeção a 100% garante o fornecimento de uma luva para câmara de isolamento ou de polegar isenta de furos e é mais rigorosa do que a abordagem do AQL para luvas cirúrgicas, que se baseia num plano de amostragem estatística.

As minhas luvas são adequadas para utilização com fármacos citotóxicos (de quimioterapia)?

Dispomos de uma gama abrangente de luvas adequadas para utilização nesta área altamente especializada. Luvas testadas de acordo com a norma ASTM D6978-05 relativamente a uma grande variedade de fármacos citotóxicos, registando um excelente desempenho de barreira segundo as taxas de permeação definidas na norma ASTM de 0,01 µg/cm²/min., um nível 100 vezes mais rigoroso do que o estabelecido na norma EN 16523-1:2015. Teremos todo o prazer em fornecer mais informações mediante pedido.

Que luvas devo usar se necessitar de propriedades de eliminação de descargas de eletricidade estática (DEE)?

As luvas em nitrilo, neopreno/policloropreno e vinil são as melhores opções quando procura uma luva com boas propriedades de eliminação de descargas de eletricidade estática. As diferenças entre luvas antiestáticas e com propriedades de eliminação de descargas de eletricidade estática são que as últimas se referem às características de um material que determinam o modo como o mesmo se comporta quando exposto a eletricidade estática. A antiestaticidade é a propriedade de um material que evita a acumulação de eletricidade estática ou reduz os seus efeitos.