ESCOLHA SEU PAÍS / REGIÃO

Máquinas e equipamentos e fabrico de metais

Considerações de segurança no setor de máquinas e equipamentos

O setor de máquinas e equipamentos é um dos mais dinâmicos devido aos seus fortes laços e interligações com grandes setores económicos, como os de matérias-primas, produtos acabados e serviços.

Um estudo realizado em 2019 pelo NSC estimou o custo total de acidentes de trabalho, só nos EUA, num montante impressionante de cerca de 151 mil milhões de euros, com as lesões nas mãos e nos dedos a representarem cerca de 25% dos acidentes de trabalho. Muitas destas lesões são evitáveis e requerem consciência de segurança e cumprimento das normas e protocolos de segurança, incluindo a utilização de EPI adequados.

SOLICITAR UMA AVALIAÇÃO

PERIGOS DA INDÚSTRIA

A utilização de máquinas e equipamentos está associada a vários perigos mecânicos. Peças móveis de máquinas podem dar origem a acidentes de trabalho graves, como mãos ou dedos esmagados, amputações e queimaduras. Outras lesões comuns no setor incluem aquelas provocadas por cortes e golpes, punções ou furos causados por arestas aguçadas em equipamentos ou chapas de metal e por peças pontiagudas, bem como fricção ou abrasão devido a peças com superfícies ásperas e doenças osteomusculares devido a vibrações. As peças, materiais e emissões, como vapor e água, de máquinas podem estar suficientemente quentes ou frios ao ponto de provocar queimaduras ou escaldões e trabalhar com componentes com corrente pode causar choques elétricos e queimaduras. O setor de fabrico de metais, incluindo soldadura, corte e brasagem, é excecionalmente perigoso, dado que estes processos de trabalho dão origem a faíscas, gases, radiação e outros perigos. Respeitar os protocolos de segurança e utilizar EPI adequados é fundamental para proteger os operadores de máquinas e os trabalhadores do setor de fabrico de metais contra estas lesões evitáveis.

Soluções da Ansell

Um dos principais perigos para a segurança no setor de fabrico de metais é o risco elevado de cortes e lacerações durante o manuseamento de chapas de metal, objetos com arestas aguçadas e a utilização de equipamentos com peças pontiagudas. Os trabalhadores são frequentemente expostos a vidro, máquinas perigosas e outros objetos e arestas aguçados, nos quais a ocorrência de lesões por cortes, golpes ou furos é provável. De acordo com o serviço norte-americano de estatísticas do trabalho (Bureau of Labor Statistics), só nos EUA, cerca de 30% dos acidentes de trabalho derivam de cortes e lacerações, com 12% dos mesmos a ocorrer nas mãos. Para garantir a segurança nas oficinas no setor de fabrico de metais e evitar acidentes decorrentes de manuseamento manual no local de trabalho, é importante escolher os equipamentos de proteção individual (EPI) adequados com um nível de resistência aos cortes adaptado às tarefas realizadas.
Ao utilizar máquinas e equipamentos com superfícies ásperas e peças móveis, os trabalhadores expõem as suas mãos e braços ao risco de abrasão e arranhões. A Ansell oferece uma vasta gama de luvas resistentes à abrasão que são extremamente duradouras, para utilização prolongada em várias aplicações abrasivas que envolvem movimentos repetitivos e manuseamento de painéis e chapas de metal. A FORTIX Technology da Ansell utiliza um revestimento fino, resistente e respirável de espuma de nitrilo que prolonga significativamente a vida útil de luvas e manguitos de proteção, melhorando simultaneamente o seu conforto.
Os trabalhadores que utilizam máquinas pesadas com peças móveis ou equipamentos pneumáticos expõem as mãos e os braços aos riscos de compressão e preensão. Muitas tarefas no setor de máquinas e equipamentos e de fabrico de metais incluem a utilização de utensílios de grande dimensão como prensas, tesouras e serras e o manuseamento de chapas de metal e materiais pesados, expondo ainda mais as mãos a perigos que podem resultar em lesões devastadoras se não estiverem devidamente protegidas. O Ringers Impact Protection System da Ansell protege os trabalhadores contra riscos de impactos, proporcionando simultaneamente um conforto e destreza superiores.
Trabalhos elétricos em peças expostas com tensão ou próximo das mesmas estão associados a riscos de choque elétrico ou queimaduras graves. Os choques elétricos são um dos principais riscos com que se deparam soldadores e outros trabalhadores que utilizam ferramentas e equipamentos elétricos, onde mesmo uma baixa tensão ou baixa corrente pode provocar lesões graves ou morte. A administração de saúde e segurança no trabalho dos EUA (OSHA) considera os perigos elétricos como a segunda maior preocupação de segurança no fabrico de metais. A utilização de equipamentos de proteção individual (EPI) adequados pode ajudar a evitar potenciais acidentes. A Ansell oferece as luvas de proteção elétrica de ponta ActivArmr, que proporcionam o máximo conforto, desempenho e segurança em ambientes exigentes.
Os trabalhadores do setor de fabrico de metais são expostos a calor ou frio por contacto e a calor por convecção, necessitando assim de EPI adequados para manusear objetos quentes ou frios, trabalhar em temperaturas extremas e proteger as mãos durante tarefas de soldadura, vazamento e fusão, moldagem e forjamento. Além disso, as peças, materiais e emissões de máquinas, como vapor e água, podem estar suficientemente quentes ou frias ao ponto de provocar queimaduras ou escaldões. Para atenuar estes riscos, a Ansell fornece uma variedade de EPI concebidos para resistir a temperaturas extremas, proporcionando simultaneamente conforto e desempenho.
Como resultado da COVID-19, os locais de trabalho têm de considerar a necessidade de proteger contra a propagação de doenças e infeções virais. A Ansell oferece uma vasta gama de soluções que cumprem as orientações da Organização Mundial de Saúde no que diz respeito à prevenção e controlo de infeções. De modo a tomar uma decisão informada, os responsáveis de compras e utilizadores de produtos devem manter-se a par das informações mais recentes e mais completas relativamente aos EPI adequados para proteção contra a COVID-19 e outros vírus nos seus ambientes e aplicações específicos.
As vibrações são um perigo potencial para trabalhadores que utilizam ferramentas manuais e equipamentos elétricos como berbequins de percussão, chaves pneumáticas, rebarbadoras e serras de todos os tipos. A exposição prolongada a vibrações pode causar alterações nos tendões, músculos, nervos sensoriais, ossos e articulações, que podem redundar numa lesão nos músculos das mãos e dos braços conhecida como síndrome de vibrações para as mãos/braços. Além de cansaço muscular devido a vibrações, as lesões musculoesqueléticas são frequentemente causadas por movimentos repetitivos, esforço excessivo dos músculos e posicionamento inadequado durante o trabalho. Para além das precauções gerais, como o isolamento mecânico da fonte vibratória, a limitação da duração da exposição e a manutenção dos equipamentos para evitar vibrações excessivas, é importante considerar EPI adequados para reduzir os riscos de lesões nos músculos, ossos e articulações, garantindo a segurança e o conforto dos trabalhadores.
Os perigos de fabrico de máquinas e metais não se limitam apenas a riscos mecânicos. Os trabalhadores são expostos a uma variedade de produtos químicos agressivos, incluindo tintas, solventes, cromo hexavalente e líquidos de limpeza. Sem EPI adequados, os trabalhadores podem sofrer queimaduras químicas ou qualquer outro tipo de irritação cutânea. A exposição repetitiva e prolongada a estes produtos químicos pode revelar-se tóxica para o trabalhador e afetar gravemente a sua pele ou sistema respiratório. São necessários EPI espessos e não porosos que impeçam a penetração de líquidos e respetivo contacto com a pele, com durabilidade para resistir a fricção e a arestas aguçadas.

 

 

Image collage overlapped on top of a man and consisting of product in-use applications across multiple industries

Junte-se à conversa